sábado, 19 de maio de 2012

Estrada de Ferro Bahia e Minas deixa saudade e inspira compositores

Estrada de Ferro Bahia e Minas deixa saudade e inspira compositores - Gerais - Estado de Minas


É triste e lamentável ver que as ferrovias para uso de passageiros morreu no Brasil. Era um meio de transporte que integrava o Brasil, gerações tiveram a oportunidade e o privilégio de usar esse meio de transporte. Deixa saudades realmente.
Um dia que tiver algum político ou grupo de políticos que viabilizar o ressurgimento dos trens de passageiros serão considerados heróis nacional, pois diante das dificuldades impostas atualmente eu vejo como um futuro negro, independente da futura construção do trem bala.

domingo, 13 de maio de 2012

Bactérias magnéticas podem ajudar a fabricar 'biocomputadores'

 
Bactérias magnéticas poderiam ser usadas na fabricação de computadores biológicos no futuro, segundo pesquisadores britânicos e japoneses.

Cientistas da University of Leeds, na Grã-Bretanha, e da Universidade de Agricultura e Tecnologia de Tóquio, no Japão, estão fazendo experimentos com micróbios que se alimentam de ferro.


Uma vez ingerido pelos micróbios, o ferro é transformado em pequenos ímãs, semelhantes aos que são encontrados em discos rígidos de computadores.

De acordo com os pesquisadores, a pesquisa, que foi divulgada na publicação científica Small, pode permitir a fabricação de discos rígidos muito mais rápidos.
Desafio em escala nano

As bactérias Magnetospirilllum magneticum, utilizadas na pesquisa, são micro-organismos naturalmente magnéticos, que costumam viver em ambientes aquáticos em regiões abaixo da superfície, onde o oxigênio é escasso.

Eles nadam para cima e para baixo, seguindo as linhas dos campos magnéticos da Terra e se alinhando aos campos magnéticos como as agulhas de uma bússola, em busca de suas concentrações preferidas de oxigênio.

Quando a bactéria ingere ferro, proteínas dentro de seu corpo interagem com o metal para produzir pequenos cristais do mineral magnetita, o mais magnético existente na Terra.

Após estudar a forma como estes micróbios coletam, formam e posicionam esses nanoímãs dentro de si próprios, os pesquisadores aplicaram o mesmo método fora da bactéria, "cultivando" ímãs que, eles esperam, poderiam ser usados no futuro para construir circuitos de discos rígidos.

"Estamos rapidamente chegando aos limites da manufatura eletrônica tradicional à medida que componentes ficam menores", disse a coordenadora da pesquisa, Sarah Staniland, da Universidade de Leeds.

"As máquinas que usamos tradicionalmente para construí-los são desajeitadas quando se trata de escalas tão pequenas. A natureza nos oferece a ferramenta perfeita para (resolver) esse problema", diz.
Fios Biológicos

Além de usar micro-organismos para produzir ímãs, os pesquisadores também conseguiram criar pequenos fios elétricos feitos de organismos vivos.

Eles criaram nanotubos feitos com membranas de células artificiais, cultivadas em um ambiente controlado, com a ajuda de uma proteína presente nas moléculas de gordura humanas.

A membrana é a "parede" biológica que separa o interior da célula do ambiente exterior.

Esses tubos poderiam, no futuro, ser usados como fios microscópicos produzidos por meio de engenharia genética, capazes de transferir informações - da mesma forma como as células fazem nos nossos corpos - dentro de um computador, explicou à BBC o cientista Masayoshi Tanaka, da Universidade de Agricultura e Tecnologia de Tóquio.

"Esses fios biológicos podem ter resistência elétrica e transferir informação de um grupo de células dentro de um biocomputador para todas as outras células."

"Além de computadores, os fios poderiam até ser usados no futuro em cirurgias humanas porque, em teoria, são altamente biocompatíveis", afirmou o pesquisador. 



Fonte: http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2012/05/120507_bacterias_magneticas_mv.shtml


________________________________________________________________


Mais um exemplo do extraordinário mundo tecnológico, dos grandes avanços da Revolução Técnico-Cinetífica também chamada de Terceira Revolução Industrial.



Cientistas desvendam segredos de 'computador' de 2 mil anos

sábado, 12 de maio de 2012

As cidades globais

Elas são os centros de poder e comando das decisões econômicas e financeiras mundiais.
Caracterizam-se por abrigar?
  • Os mais altos e modernos edifícios do mundo, onde se encontram as sedes das maiores empresas, bancos e as bolsas de valores.
  • As grandes redes de telecomunicações
  • As melhores infraestrutura.
Muitas das cidades globais se localizam em países subdesenvolvidos. Existem também as megacidades, ou seja, metrópoles muito populosas com mais de 10 milhões de habitantes.
Exemplos de cidades globais:
  • Nova York
  • Londres
  • Paris
  • Tóquio
  • Sidney
  • Hong Kong
  • Moscou
  • São Paulo
  • Milão
  • Buenos Aires
  • Cidade do México
Exemplos de megacidades:
  • Calcutá
  • Cairo
  • Lima
  • Istambul
  • Jacarta
  • Nova Delhi

O Espaço Geográfico e as Redes e Fluxos

Com a globalização: aumento significativo dos fluxos. Os fluxos são: mercadorias, informações, capitais e pessoas.
Redes de transporte
  • Rodovias
  • Ferrovias
  • Hidrovias
  • Aerovias
Redes de Comunicação
  • Satélite
  • Linhas telefônicas
  • Antenas parabólicas
  • Fios
  • Cabos
  • Diversos aparelhos
A maior parte dos fluxos ocorre por vias marítimas, cerca de 70%.

Os fluxos de pessoas
É cada vez maior o numero de pessoas que viajam pelo mundo.
Os motivos são diversos:
·         Trabalho
·         Turismo
·         Melhores condições de vida
·         Fugindo das guerras, perseguição,políticas ou religiosas
Atualmente são cerca de 200 milhões de imigrantes que deixaram o país de origem temporária ou definitivamente.
Os maiores números de migrantes são oriundos da América Latina, Ásia, e África. Os principais pontos de recebimentos de imigrantes são os EUA, Canadá, Europa, Japão e Austrália.

Charge - A realidade da educação brasileira

Realidade da educação brasileira