quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Território e Fronteira

Os limites entre países são definidos a partir de linhas imaginárias traçadas sobre a superfície do planeta. Essas linhas são estabelecidas, geralmente sobre os elementos naturais (acidentes geográficos), como montanhas, serras, cordilheiras, lagoas, lagos, mares, ou ainda a partir de marcos estabelecidos pelo homem, pode ser uma cerca, estacas, as balizas sobre um determinado terreno.

Os limitesque separam certos países também podem ser estabelecidos através das linhas de latitudes e longitudes. Por exemplo, o limite entre os EUA e Canadá, na sua grande parte foi estabelecido pelo paralelo 49 de latitude norte.

Veja abaixo exemplos de limites entre os países:

Como podemos perceber, a Triplice Fronteira entre a Argentina, Brasil e Paraguai se encontra na junção dos rios Paraná e Iguaçú

Os elementos naturais (no caso os rios Paraná e Iguaçú) fazem o limite entre os três países sul-americanos. Veja nas imagens abaixo:














No outro exemplo podemos perceber como as linhas de latitude ou longitude separam os países. Neste caso a divisa entre os Estados Unidos e Canadá por meio do paralelo 49 graus:



O paralelo 49 N no lago Waterton

 O Arco da Paz, na fronteira entre Surrey, Colúmbia Britânica, e Blaine, Washington





Mas quando se aproxima da região dos Grandes Lagos, esses elementos naturais se tornam os limites entre os EUA e Canadá, como podemos observar nas imagens abaixo:






Uma das fronteiras dos Grandes Lagos é entre Detroit (EUA) e Windsor (Canadá) onde o rio Detroit faz a separação entre os dois países e ao mesmo o tempo esse rio faz a ligação entre os Lagos Santa Clair e Eriê como percebemos nas imagens abaixo:





 A esquerda Detroit, a direita Windsor




Nesta imagem a parte de cima é Windsor e abaixo está Detroit



 Concepções sobre espaço e território

Território de um país = território nacional:

  • Espaço geográfico = Estado
Estado que:
  • leis
  • governos 
  • instituições políticas e sociais.

Estado Nacional = exerce a soberania + controle e organização

Há países com territórios maiores e outros com territórios menores.

O território é uma relação de poder e uma relação de identidade.

Estado e Nação

Nação significa um conjunto de pessoas com línguas, usos, costumes e também religião comuns. Tem a ver com o caráter histórico-cultural dos laços que unem as pessoas. Também está vinculado com a noção da territorialidade.

Exemplos: povos indígenas, judeus, curdos, ciganos, são exemplos de grupo de pessoas que constituem nações.


Estado Nacional: corresponde a um território delimitado por fronteiras, resultado da soberania política com um governo e suas próprias leis.

Soberania: é a propriedade que caracteriza o poder político supremo do Estado como afirmação de sua personalidade independente, autoridade plena, governo próprio. Ou seja, é o reconhecimento dos outros países sobre um determinado Estado.

Friedrich Ratzel (1844-1904), pensador alemão considerado o precursor da geopolítica, criou o célebre preceito "Espaço é poder". Suas ideias serviram de base para o conceito do espaço vital ("cada pessoa precisa de um área mínima para viver").

As ideias de Ratzel foram a justificativa técnica que legitimou o expansionismo alemão, cuja agressividade máxima se deu no III Reich de Hitler.

Ratzel defendia o "princípio da nacionalidade"; basicamente a ampliação do Estado a partir da incorporação de novas terras.

O território é o elemento que confere sustentabilidade e existência a uma sociedade, de modo que perder território representa decadência.

Para Ratzel, uma sociedade que progride tende, necessariamente, a aumentar o território e conquistar novas áreas: Esse pensamento foi incorporado nos ideais expansionistas da Alemanha, principalmente na época da Segunda Guerra Mundial.

Era necessário produzir um elemento de identificação singular, que legitimasse o caráter expansionista. A língua passou a ser visto como o elemento de coesão nacional.

Os Estados promoveram campanhas patrióticas para difundir os sentimentos nacionalistas, e com isso, as ideias dos símbolos nancionais.

A bandeira dentre outros elementos passou a simbolizar a nação, representando ideias como ordem, liberdade, progresso e etc. Muitas dessas ideologias foram desenvolvidos no final do século XIX e meados do século XX.